Melzinho do amor e seus cuidados

Vem comigo que vou te apresentar o Melzinho do Amor e seus cuidados no consumo desse produto que está fazendo um enorme sucesso como o melhor afrodisíaco do momento, mas ele é seguro? Posso tomar à vontade sem preocupações? 

O Melzinho do Amor é composto por Mel da Malásia e Tongkat Ali que são estimulantes naturais, café, canela, extrato de caviar, ginseng, maçã, gengibre e também consta em sua fórmula Citrato Sildenafila, que é o mesmo composto do Viagra. Mesmo sendo um produto teoricamente natural seu consumo deve ser cuidadoso. 

O grande problema é que a concentração de Citrato de Sildenafila é muito alta e como é um produto medicamentoso, deveria ser regulado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e isso não ocorre. 

Segundo indicação dos fornecedores, deve ser utilizado alguns minutos antes das relações sexuais, assim liberando todo o poder dos ingredientes da sua composição e ajudando no desempenho sexual com uma maior duração e melhor qualidade do sexo. 

Como todo medicamento, alguns cuidados tem de ser tomados ao utilizar o Melzinho do Amor, não consumir junto a grandes quantidades de álcool, não consumir junto com outros medicamentos vazo dilatadores e nem drogas. 

Não é indicado para menores de 18 anos e pessoas com problemas cardíacos, hipertensos e pessoas que já utilizam outros remédios controlados ou de uso contínuo a base de nitratos. 

A febre do Melzinho do Amor

Com a pandemia e a proibição de festas e aglomeração por parte dos órgãos de saúde, as “festas clandestinas” começaram a surgir por todo país e junto com elas apareceu o Melzinho do Amor como sendo um estimulante natural para curtir a balada e uma noite perfeita de sexo. 

O produto começou a ser muito indicado por influenciadores digitais, jogadores de futebol e funkeiros o que atraiu a atenção das autoridades sanitárias. Algumas reportagens de grandes emissoras de televisão também foram produzidas. 

Os médicos consultados nessas reportagens e em outros meios de comunicação foram unânimes em desencorajar o uso do Melzinho do Amor por homens que são tenham nenhum problema de ereção. 

A utilização sem controle do produto em um primeiro momento poderia parecer estar trazendo benefícios, mas a longo prazo pode causar muitos problemas de saúde incluindo até mesmo a disfunção erétil que é o que se tenta combater com o produto. 

O uso contínuo pode acabar gerando dependência psicológica, mesmo não tendo nenhum problema a falta do produto pode acabar gerando uma insegurança que vai atrapalhar no desempenho sexual. 

Melzinho do amor e seus cuidados

Real necessidade do Melzinho do Amor

Se você for uma pessoa saudável, sem problemas de saúde, não tem nenhum problema psicológico, não sofre pressão por parte do seu trabalho nem da sua família, em resumo, se você for um cara relax, com certeza você não precisa do Melzinho do Amor, você só precisa curtir sua vida numa boa e na hora do sexo relaxar e aproveitar. 

Caso não esteja satisfeito com seu desempenho sexual e acredite que necessita de algum medicamento, procure orientação médica, um profissional qualificado com certeza irá lhe indicar o melhor caminho para o que você necessita. 

Meta Descrição: O Melzinho do Amor realmente é tudo o que falam? Quais cuidados tenho de ter ao consumir. Confere comigo tudo isso nesse artigo. 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.