Como montar uma estratégia de vendas online eficiente

 

A internet se tornou uma ferramenta indispensável para o consumidor na hora de adquirir um produto ou contratar um serviço, tanto na fase da pesquisa quanto no fechamento do negócio. Por isso, utilizar uma estratégia de venda online eficiente é imprescindível para atrair os potenciais clientes que já realizam suas compras neste ambiente conectado. 

 

De acordo com a pesquisa sobre Tendências para o e-commerce em 2022 da Market Review, 33% dos entrevistados afirmam comprar apenas on-line, enquanto 71% afirmaram ter comprado mais pela internet no último ano. 

 

O levantamento revelou também que 65% dos consumidores têm o hábito de pesquisar um produto nas redes sociais antes de comprar e 74% afirmaram pesquisar o produto online e comprá-lo na loja física. 

 

Considerando esses hábitos de consumo envolvendo a internet, para ter melhores resultados no seu negócio, é preciso pensar ações para alavancar vendas utilizando-se das ferramentas digitais disponíveis. 

 

Mas, como fazer isso?

 

Neste artigo, vamos apresentar 5 ferramentas e formas para considerar na hora de montar uma estratégia de vendas eficiente e eficaz, que irá contribuir para melhorar os resultados do seu negócio. 

 

Como montar uma estratégia de vendas online?

 

Há diversas abordagens e ferramentas para criar uma estratégia de vendas online. Elas podem envolver tanto estratégias de vendas no varejo, quanto estratégia de vendas de marketing digital

 

Abaixo, veremos como aumentar as vendas online por meio da utilização delas. 

 

  1. Pratique upselling e cross-selling

 

Duas estratégias de vendas online comuns no varejo, upselling e cross-selling são mutuamente benéficas quando realizadas corretamente, fornecendo valor máximo aos clientes e aumentando a receita sem o custo recorrente de muitos canais de marketing.

 

O upselling é a prática de encorajar os clientes a adquirir um produto de maior performance ou mais novo comparado ao produto da compra em questão, enquanto o cross-selling convida os clientes a comprar itens relacionados ou complementares. Embora muitas vezes usados ​​de forma intercambiável, ambos oferecem benefícios distintos e podem ser eficazes em conjunto.

 

Vale dizer que, no contexto das vendas online, essas duas estratégias podem ser automatizadas por meio da utilização de ferramentas digitais. Vamos olhar com mais detalhes como elas acontecem.

 

Upselling

O upselling mostra aos visitantes do seu site de e-commerce, por exemplo, que outras versões ou modelos podem atender melhor às suas necessidades. 

 

Isso contribui para aumentar o valor médio do pedido, ao mesmo tempo que faz com que os usuários saiam mais satisfeitos com a compra. As empresas que se destacam no upselling são eficazes em ajudar os clientes a visualizar o valor que obterão ao encomendar um item de preço mais alto.

 

Cross-selling

 

No e-commerce, o cross-selling é frequentemente utilizado em páginas de produtos, durante o processo de checkout e em campanhas de ciclo de vida. 

 

Uma das ações para alavancar vendas, esta estratégia pode alertar os usuários sobre produtos que eles não sabiam que são oferecidos pela sua empresa.

 

É uma tática altamente eficaz para gerar compras repetidas, ao demonstrar a amplitude do seu catálogo de produtos para os clientes. 

 

  1. Realize social selling

 

O social selling (ou, traduzido ao pé da letra: venda social) é uma estratégia de vendas online ligada ao marketing digital. 

 

Essa prática consiste em utilizar os perfis em redes sociais da sua empresa para interagir com clientes em potencial e gerar leads. 

 

Essas interações acontecem diretamente com os clientes por meio de suas postagens ou em mensagens inbox para criar uma sensação de familiaridade ou credibilidade. 

 

A maioria das vendas utilizando essa estratégia ocorre nas plataformas LinkedIn, Twitter e Facebook.

  1. Conecte-se com clientes por meio do e-mail marketing

 

O e-mail marketing ainda é uma estratégia de vendas online que vale muito a pena em termos de retorno sobre investimento, pois o custo de sua implementação é baixo e seu alcance alto. 

 

Você pode utilizá-lo tanto para aquisição de novos clientes, como para retenção dos antigos, divulgando novidades e ofertas sobre o seu negócio, além de conteúdos ricos, como um e-book ou pesquisa. 

 

Algumas dicas para empregar o e-mail marketing no seu negócio:

  • Personalize suas mensagens: use os dados do cliente para criar uma mensagem personalizada.
  • Segmente sua base de contatos: ao fazer isso, suas campanhas de e-mail ficam muito mais direcionadas ao seu público.
  • Envie e-mails com design responsivo: afinal, muita gente acessa sua caixa de entrada pelo celular. 
  1. Teste os conteúdos e design do e-mail: uma forma de fazer isso é pelo teste A/B das suas campanhas de marketing para ver quais foram mais bem aceitas e quais não. 
  2. Automatize campanhas de e-mail quando possível: esses emails são enviados automaticamente com base no comportamento do usuário. As formas mais comuns são e-mails de “boas-vindas”, “agradecimento” e “transacionais”, como um e-mail de confirmação de pedido e recibos de e-mail.

 

4. Obtenha mais tráfego com SEO

 

A estratégia de vendas online utilizando SEO (Search Engine Optimization) consiste em otimizar o conteúdo de um site de modo a posicioná-lo nos primeiros resultados de mecanismos de busca, como Google, Bing e Yahoo!, maximizando a oportunidade de obter tráfego orgânico por meio destas plataformas.

 

Para aplicar a estratégia de SEO para vendas, você deve:  

 

  • Definir a sua persona: ou seja, quem é o seu cliente ideal para quem os conteúdos do seu site serão criados.

  • Escolher bem as suas palavras-chave: ou os termos digitados na barra de pesquisa do Google ou de outros buscadores. Importante definir palavras-chave que tenham um bom volume de busca e estejam alinhadas com o seu negócio.

  • Criar conteúdos relevantes e atraentes: os textos do seu site devem responder às principais dúvidas dos seus clientes em potencial.

  • Otimizar os seus conteúdos e as suas páginas: ou seja, utilizar as palavras-chave nos lugares corretos: título, meta descrição (descrição do conteúdo que aparece nos resultados das pesquisas); imagens e URL (endereço da sua página).

  • Atentar-se às mudanças dos algoritmos: afinal, algumas abordagens utilizadas atualmente podem não ser eficazes daqui a algum tempo.

  • Mensurar os seus resultados: acompanhe os resultados da sua estratégia para saber se são satisfatórios.

5. Venda por marketplaces

 

Outra estratégia de como crescer as vendas online no varejo é através de marketplace, como Magalu, Loja Americanas, Mercado Livre, entre outros. 

 

Esses canais funcionam como um shopping online, onde os consumidores podem acessar várias lojas no mesmo local. 

 

Geralmente, os usuários que acessam esses sites de marketplace já têm a intenção de compra, ou acessam para pesquisar produtos. Dessa forma, as chances de vendas são ainda maiores, embora haja concorrência.

 

A vantagem de utilizar esses sites para vender seus produtos é que clientes e empresas contam com a segurança e o nome do espaço, que é responsável por tudo o que acontece dentro dele. 

 

Outra vantagem é que esses canais oferecem a infraestrutura e autoridade de um site já reconhecido pelos consumidores, sendo uma grande vitrine virtual.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.